Comercial

Tem como principal objetivo reaproximar, facilitar a comunicação entre as partes, quebrar barreiras entre inadimplentes e credores, contratante e contratado, comerciante e consumidor, a fim de solucionar conflitos de forma a recuperar a capacidade de crédito e as relações comerciais.

Áreas de atuação comercial: imobiliário, conflitos em condomínios, construtoras, instituições financeiras, empresas de planos de saúde, lojas e comércio em geral, entre outras.

 

Imobiliária

O CIMA atua neste setor visando a solução de conflitos em condomínios referentes a atrasos financeiros, desentendimentos entre moradores, quebra de contrato nas mais diversas causas, cobrança de valores, rescisão do contrato e despejo.

Na forma preventiva, há a adoção de um instrumento chamado “cláusula compromissória”, que é inserida em um contrato para garantir que qualquer controvérsia, discussão, que surgir em razão desse, seja de forma obrigatória solucionada por mediação/arbitragem.

A segunda forma, já posterior ao conflito é o compromisso arbitral, um termo no qual as partes assinam concordando em submeter este litigio, conflito à arbitragem.

Em ambos os casos, podem ser realizadas uma sessão conciliatória para resolução do conflito, economizando tempo, desgaste entre as partes e dinheiro.

Após resolução do conflito, é formalizado o termo de acordo, que tem “força judicial” ficando as partes obrigadas a cumprir o determinado de igual forma como na Justiça Pública, com a vantagem de não haver possibilidade de recursos protelatórios.